Treinador de Weidman diz que ele enfrentou Rockhold com pé quebrado

Chris Weidman não estava 100% fisicamente quando perdeu o cinturão dos médios do Ultimate, em dezembro do ano passado, na luta contra Luke Rockhold, pelo UFC 194. Treinador de “All American”, Ray Longo revelou que o pupilo havia fraturado o pé semanas antes do confronto ao desferir um chute que acertou o cotovelo de Gian Villante.

– Ele quebrou o pé em dois lugares. Tentamos trabalhar em torno disso, mas acho que mentalmente isso teve efeito sobre ele, pois não foi possível colocar seu preparo físico no caminho certo – declarou o técnico, em entrevista para a “ESPN” americana, citando que Weidman pretende colocar proteção nos cotovelos dos companheiros de equipe para evitar que o problema se repita.

Ray Longo afirma que, na função que ocupa, é difícil dizer se um atleta deve ou não entrar no octógono. Ele cita o exemplo de Aljamain Sterling, companheiro de academia de Weidman, que atuou lesionado no fim do ano passado e finalizou Johnny Eduardo, no segundo round.

– Weidman já lutou lesionado. Eu vi esse cara passar por inúmeros perrengues antes, mas, como treinador, me sinto mal. Talvez eu devesse ter tido mais voz ativa sobre isso ou aquilo. Você não pode dar desculpas. Aljamain Sterling, seu parceiro de equipe, se machucou antes de lutar dia 11 de dezembro e venceu. Então, você nunca sabe.

Apesar de ter perdido a luta por nocaute técnico e, consequentemente, o cinturão dos médios, Weidman recebeu a revanche imediata. Ele terá a chance de reconquistar o posto contra Luke Rockhold em junho, no UFC 199. A data exata e o local do evento ainda não foram divulgados pela organização.

 

Fonte: sportv.globo.com

Share this post

ApolloMarcelo

Pai do Ric, Diretor de Arte, Faixa-roxa de Jiu-Jitsu, Matador de Orcs e Administrador de um site sobre MMA 😎

No comments

Add yours